17 de Julho de 2021, 20:32
  -  Atualização - Internacional
Patos ficam presos sob a custódia da polícia por fazerem arruaça na rua

Qual mãe que quando recebeu a ligação da direção da escola do filho ficou com o coração na mão? Agora, imagina receber a ligação da polícia? Uma americana passou por isso, só que ao invés dos filhos, eram os patos.

 

 

 

No dia 4 de julho de 2017, Cindy Osiecki que reside em Great Bend, Pensilvânia, Estados Unidos (EUA), recebeu uma ligação que a deixou chocada. Os seus quatro patos estavam presos sob a custódia da polícia por fazerem arruaça.

 

 

 

 

As aves aproveitaram a distração da família, no feriado de Independência dos EUA, para darem uma escapadinha. A princípio, era para ser uma volta na redondeza, mas o quarteto empolgado com a liberdade percorreu cerca de 1 km de casa. Rindo da situação!

 

 

 

Os travessos foram parar em frente a uma loja de conveniência e aproveitaram o charme das suas penas brancas para encantarem os clientes e ganharem muitas guloseimas. Vê se eu posso!?

 

 

 

 

Kat, um dos funcionários, percebendo que os patos não tinham menção de ir embora, decidiu ligar para a polícia. E, acreditem, a polícia atendeu o chamado e interrompeu a gandaia da turminha.

 

 

 

E como todo bom malandro, os pequenos não se deixaram pegar na primeira e fugiram. Depois da tentativa de fuga, se renderam a prisão.

 

 

 

"Eles estavam sendo perseguidos por um dos policiais. Eles estavam perseguindo-os ao redor do carro. Eu achei muito engraçado, para ser honesto", disse Kat ao The Dodo.

 

 

 

Com os patinhos detidos e a confusão controlada, era a vez de encontrar a tutora e felizmente encontraram.

 

 

 

Achei engraçado, fiquei tipo 'você está falando sério?' Houve tipo 'sim, nós os pegamos' porque eu acho que as pessoas estavam tentando pegar meus patos, e todo mundo estava os alimentando, até o policial os alimentou com pão ”, disse Cindy ao WNEP 16.

 

 

 

A mulher achou graça da situação e ficou feliz pelos policiais terem lidado bem com o caso. Agora, os patinhos estão seguros em seu lar e tudo leva a crer que não desejam mais a vida de malandragem. E assim torcemos, que amadinhos!

 

FONTE: AMOMEUPET.ORG

 

 

Imagens

BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO