17 de Dezembro de 2020, 18:34
  -  Justiça - Internacional
Corpo de Maradona deve ser conservado para testes de paternidade, diz tribunal

O corpo do ex-jogador do futebol Diego Maradona "deve ser conservado" caso seu DNA seja necessário em um teste de paternidade, decidiu um tribunal argentino nesta quarta-feira (16).

 

 

Maradona morreu de ataque cardíaco no mês passado e foi enterrado no dia 26 de novembro em um cemitério nos arredores de Buenos Aires.

 

 

Embora o advogado de Maradona tenha dito à agência Reuters que já existem amostras de DNA, o tribunal disse que o corpo do ex-jogador do Boca Juniors e do Napoli não deve ser cremado.

 

 

Cinco crianças reconhecidas e seis com pedidos de filiação fazem parte de um complexo processo de herança na Argentina.

 

 

Uma das seis, Magalí Gil, 25, diz que descobriu há dois anos que o ícone do futebol era seu pai biológico.

 

 

A decisão do Tribunal Nacional de Primeira Instância em Assuntos Civis No. 56 também diz: "A Sra. Gil pede que um estudo seja realizado, e que, para esse fim, o Ministério Público em exercício envie uma amostra de DNA."

 

 

Maradona reconheceu quatro filhos na Argentina e um na Itália.

 

Fonte:CNN

 

BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO