13 de Abril de 2018, 11:33
  -  Política - Goiânia
VALE ESSE: “Transformaram o Estado numa panelinha. Uma vergonha”, diz Caiado sobre indicação de cunhado de Marconi ao TCM

O senador Ronaldo Caiado (Democratas) afirmou, nesta quinta-feira (12/4), que o estado de Goiás foi transformado numa panelinha com a indicação de Sérgio Antônio Cardozo de Queiroz, cunhado do agora ex-governador Marconi Perillo para o Tribunal de Contas dos Municípios. Na visão do líder do partido no Senado o governo apenas mudou de rosto, mas continuam as mesmas práticas nada republicanas bem distantes da necessidade da população. “Enquanto isso, 55 mil goianos agonizam numa fila para conseguir uma cirurgia eletiva”, denunciou.

 

 

“A prática desmente o discurso. O grupo que está há 20 anos no governo de Goiás mantém os mesmos atos, não importa quem segura a caneta de governador. A única mudança com a troca recente de comando do Estado foi de rosto. Se apoderaram do Estado de Goiás para interesse familiar e transformaram tudo numa panelinha. Indicam sem qualquer vergonha o cunhado de Marconi Perillo para o Tribunal de Contas achando isso a coisa mais normal do mundo. Não escutam a população, não têm qualquer sintonia com os anseios dos goianos. Esse continuísmo precisa ter fim. É preciso mudar esses atos em Goiás!”, disse Caiado.

 

 

A indicação do cunhado de Marconi Perillo teve sua votação adiada na Assembleia Legislativa do estado, após o deputado José Nelto (Podemos) pedir vistas ao projeto. A base do governo de José Eliton chegou a convocar sessão extraordinária da Comissão de Constituição e Justiça para acelerar a indicação de Sérgio Cardozo, que é ex-secretário Extraordinário de Articulação Política do estado. A nomeação já é alvo de investigação do Ministério Público de Goiás, já que existe entendimento do Supremo Tribunal Federal que proíbe a contração de parentes de autoridades em cargos de confiança.