22 de Novembro de 2018, 11:29
  -  Sem Caterogia - Jaraguá
Após requerimento de Breno Leite Hospital Estadual começa a fazer cirurgias

Hospital Estadual Sandino de Amorim, gerido pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH) abriu nesta quarta-feira (21) seu centro cirúrgico, requerimento que havia sido feito pelo médico e vereador Breno Leite (DEM).

 

Havia a promessa por parte do IBGH de que o hospital estaria em plena atividade ainda em julho passado, o que não houve resposta dentro do prazo marcado pela direção da OS, em audiência conduzida pelo vereador Breno Leite, que é Presidente da Comissão de Saúde e Direitos Humanos da Câmara.

 

Ontem, na parte da tarde, o vereador esteve pessoalmente no Hospital Sandino de Amorim para acompanhar de perto a nova instalação do centro cirúrgico, onde conversou com a direção, médicos e profissionais da saúde.

 

Segundo o vereador Breno Leite (DEM), houve uma participação em conjunto nas reivindicações dos demais vereadores sobre a questão das cirurgias, já que mesmo as consideradas simples eram realizadas em Pirenópolis.

 

hospital sandino de amorim3

 

Duas cirurgias de hermografia umbilical foram realizadas nesta quarta-feira (21), além de um parto e uma cirurgia de vesícula.

 

O centro cirúrgico, segundo o vereador e médico Breno Leite, tem duas salas amplas, sendo um para cirurgias e outra para reabilitação anestésica com três leitos com equipamentos de monitoramento dos pacientes. (Fonte: Jaraguá Notícia)

 

Depois de um ano na administração do Estado por meio da OS, o Hospital Sandino de Amorim passa a avançar na questão do atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), o que facilita a vida dos pacientes que precisam de atendimento em sua cidade, em especial os atendimentos de urgência e emergência.

 

Ao Jaraguá Notícia, o médico e vereador Breno Leite disse que as reivindicações dos vereadores vêm sendo correspondidas com a abertura do centro cirúrgico em Jaraguá, ao mesmo tempo em que manifestou agradecimentos aos diretores do IBGH pelo investimento na saúde dos munícipes.