10 de Setembro de 2020, 14:33
  -  Policia Federal - São Simão
PF cumpre mandados contra esquema de falsa aposentadoria em São Simão

Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (10) sete mandados de busca e apreensão para apurar esquema fraudulento de obtenção de aposentadoria por idade rural na Agência da Previdência Social de São Simão, na divisa de Goiás com Minas Gerais. Os mandados estão sendo cumpridos em QuirinópolisCachoeira Alta e Paranaiguara.

 

 

 

A investigação teve início em 2019 a partir da verificação de irregularidades na concessão de benefícios rurais na agência de São Simão pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) . Dois escritórios de advocacia, um em Cachoeira Alta e outro em Quirinópolis, foram alvos dos mandados.

 

 

Os requerimentos dos benefícios levantaram suspeitas por conter diversos documentos semelhantes, repetição de testemunhas em contratos, coincidências de números de telefone, repetições dos IPs de computadores utilizados para a realização dos agendamentos, notas e recibos sem a ciência dos emitentes, além de outros indícios de ilegalidade.

 

 

A Polícia Federal estima que o prejuízo causado ao INSS gira em torno de R$ 385 mil reais.  Os benefícios concedidos, caso fossem adiante, poderiam chegar a R$ 3 milhões em pagamentos futuros aos falsos beneficiários.

 

 

Os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa e estelionato previdenciário, com penas que alcançam mais de 10 anos de prisão.

 
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO