28 de Maio de 2020, 17:20
  -  Justiça - Pirenópolis
Tribunal de Justiça libera entrada de visitantes em Pirenópolis

Uma liminar do Tribunal de Justiça de Goiás liberou a entrada de visitantes em Pirenópolis, cidade turística a 120km de Goiânia. A decisão em caráter liminar do desembargador Jairo Ferreira Júnior acata um pedido do Ministério Público goiano, que moveu uma ação civil pública onde alega que o artigo do decreto municipal, que proíbe a entrada, impede o direito de ir e vir das pessoas, principalmente dos moradores dos distritos circunvizinhos ao município.

 

 

O prefeito da cidade, João do Léo (DEM), disse que não foi notificado da decisão e que vai recorrer. Enquanto o processo tramita no Judiciário, as entradas continuam fechadas para conter a entrada do coronavírus. A cidade registra um caso confirmado, de acordo com boletim da Secretarial Estadual de Saúde, divulgado na quarta-feira (27).

 

 

“Fica aqui a minha indignação por essa interpretação da lei, mas sem olhar o efeito colateral sobre esse momento difícil de crise que o país está passando. O valor da finança vem sobrepor ao valor da vida", desabafou o prefeito.

 

 

A prefeitura tem 15 dias para recorrer da decisão e há previsão de um encontro nesta quinta-feira (28) entre membros da administração e do Ministério Público para discutir a liminar.

 

 

O MP havia recomendado, em abril, que a prefeitura da cidade se abstivesse de tomar qualquer medida de combate ao coronavírus que restringissem os direitos fundamentais de locomoção. A ação civil foi assinada pelo promotor Bernardo Boclin Borges, que alegou no documento que o decreto da prefeitura extrapola as competências municipais.

Fonte:G1-GO

 
 
 
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO
BANNER PUBLICITÁRIO